A memória olfativa – Parte II

A memória olfativa – Parte II

Você já se perguntou que aroma tem as marcas?
Por que o aroma de protetor solar lembra as férias?
E por que o cheiro da lenha queimada lembra uma imagem de inverno em família?
 
Até há pouco tempo, ninguém parou para pensar nessas perguntas, e as empresas não tinham se dado conta do efeito que produz um aroma agradável na experiência do cliente.
 
A maior parte das empresas baseia sua identidade corporativa na imagem (no logotipo, no patrocínio ou no mobiliário dos estabelecimentos) e no som (o fundo musical das lojas ou a melodia de um anúncio da televisão).
.
Contudo, a emoção que evoca um odor pode ser decisiva na hora da compra e é possível identificá-lo com os valores que a marca pretende transmitir. Pode inclusive servir para melhorar a produtividade e as condições de trabalho de uma empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 1 =