A memória olfativa

A memória olfativa

O olfato é o mais forte dos sentidos. O cheiro tem o potencial de retomar as emoções com maior força do que qualquer outro sentido devido ao grande número de conexões entre a região olfativa e o cérebro.

Nosso cérebro armazena inúmeras lembranças.  Quando ativado por um estímulo externo, que é o aroma, o cérebro desencadeia uma reação neurológica na memória associando tal cheiro a fatos importantes da nossa vida. Basta sentir um cheiro familiar para que a cena do passado venha para nossa memória com uma incrível riqueza de detalhes. Pode ser o aroma de um alimento, o exalar de uma flor ou o perfume de uma pessoa. São cheiros de nossas vidas. Quem não lembra do cheiro de livro novo, perfume de flor, refeição preparada pela mãe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =